Comunicação, política e gênero: configurações discursivas das mulheres como sujeitos políticos em diferentes âmbitos comunicacionais

O objetivo desta pesquisa é compreender como são construídos discursos, identidades e lugares das mulheres na política em três ambientes interacionais: o jornalístico midiático, o militante social e o político formal. Consideramos a perspectiva de âmbitos interacionais porque destaca a importância do contexto na conformação do processo comunicativo (MENDONÇA, 2009). O âmbito jornalístico midiático permite examinar os processos comunicativos num palco de visibilidade ampliada e regido a partir de lógicas jornalísticas, políticas e empresariais; o âmbito militante social, as lógicas e processos comunicativos advindos das próprias organizações e dos movimentos ativistas; e no âmbito político formal, ligado diretamente ao sistema político, podemos analisar os processos de comunicação de mulheres que efetivamente assumiram cargos políticos formais. Discute-se como ponto de partida a utilização das categorias mulheres e gênero. Em relação à metodologia, consideramos duas ordens: a da interação (GOFMANN, 1974) e do discurso (FOUCAULT, 1999). Enquanto a primeira considera os modos interativos que caracterizam os âmbitos investigados, a segunda buscar analisar os discursos como fragmentos dispersos, identificar regularidades e reagrupá-los para compreender as regras que os formam (FOUCAULT, 1999). O projeto propõe ainda ações de ensino e extensão a partir dos resultados da pesquisa.

Coordenação: Prof.ª Dra. Danila Gentil Cal

Contato: danilagentilcal23@gmail.com