FACOM 40 ANOS

Publicado por facom em 10 de fevereiro de 2017 às 17:56

Painel sobre Comunicação e Democracia encerra comemorações dos 40 anos da Faculdade de Comunicação

Texto: Lorena Esteves

Arte: Lucas Silva e Mariana Guimarães

A Faculdade de Comunicação (Facom) da UFPA encerra as comemorações do ano que marca seus 40 anos, com uma programação acadêmica no dia 16 de fevereiro. O Painel Comunicação e Democracia: tensões e tramas contemporâneas, visa refletir sobre o papel da comunicação para a manutenção da democracia, em face da conjuntura política brasileira e mundial de crise.

Arte_ Facom 40 Anos_Evento de encerramento

Para compor o painel, o evento contará com conceituados pesquisadores das áreas da Ciência Política e Comunicação Social: presencialmente estarão a Dra. Kelly Cristina Prudêncio (PPGCOM/UFPR) e o Dr. Bruno Rubiatti (PPGCP/UFPA); e, por videoconferência, a participação do professor Dr. Ricardo Fabrino Mendonça (UFMG) e Dr. Jamil Marques (PPGCP/UFPR). A mediação ficará por conta da professora Dra. Danila Cal (FACOM/PPGCOM/UFPA).

“Não poderíamos deixar acabar esse ano de encerramento dos 40 anos da Facom, sem debater mais uma vez questões que são temáticas centrais da vida cotidiana da sociedade contemporânea, como mídia, política, deliberação e juventude, em virtude da compreensão da conjuntura que nos cerca e que continua sendo de crise e de enorme desafio do ponto de vista da política nacional e global”, destaca a professora Dra. Rosane Steinbrenner, diretora da Faculdade de Comunicação.

Ao longo de um ano, uma série de eventos, ações e encontros fizeram parte das comemorações que marcaram os 40 anos da Facom. “A gente queria aproveitar o ensejo e fazer uma ampla reflexão sobre o campo da comunicação e a própria constituição desse campo na região amazônica, nessas quatro décadas, o quanto avançou e quais são as implicações de produzir conhecimento sobre comunicação em uma região como a Amazônia”, explica a professora Dra. Rosaly Brito, vice-diretora da Facom.

Seminário Facom 40 Anos em 2016- 2
Momento de homenagens no Seminário “Facom 40 Anos: a comunicação em movimento”, em fevereiro de 2016

Homenagens e lançamento de livros

Além do Painel, haverá ainda o lançamento de livros, a começar pelo obra “À beira do rio, à beira do mundo”, sobre a conferência Comunicação, Estética e Cultura Amazônica, proferida pelo professor e poeta, João de Jesus Paes Loureiro, ex-professor da Facom, no início do ano passado, na abertura das comemorações do aniversário de 40 anos da faculdade. A obra inaugura uma série de publicações realizadas pela Facom, com o apoio da Editora da UFPA e da universidade.

Outros lançamentos e divulgações

– “Comunicação e Trabalho Infantil Doméstico: Política, Poder e Resistência”, de autoria da professora da Facom Dra. Danila Cal;
– “Interfaces Midiáticas na Amazônia”, coordenado pela professora da Facom Dra. Elaide Martins e pelo professor Dr. Antônio Sardinha;
– “Ferramentas para Análise de Qualidade em Ciberjornalismo (Volume 2)”, organizado também pela professora Elaide, junto com o professor Dr. Marcos Palacios.
– “Ciberpolítica: conceitos e experiências”, do professor da UFPR Dr. Jamil Marques.
– “Deliberação Online no Brasil – entre iniciativas de democracia digital e redes sociais de conversação”, do professor da UFMG Dr. Ricardo Fabrino Mendonça.

Retrospectivas e horizontes

Entre as ações que marcaram esse ano de atividades, destaca-se a produção de uma série de documentários sobre as pessoas que passaram pela Faculdade de Comunicação e que contribuem, por meio de seus trabalhos, com produção de discursos sobre a Amazônia. O primeiro deles é um documentário sobre a fotojornalista paraense Paula Sampaio, que em breve será lançado. “A ideia é que se continue a produção dessa memória, para que a gente possa criar um museu virtual da história da comunicação, disponível por meio de smartphones, com o objetivo de levar esse acervo até as escolas”, conta Rosane.

Também foi formado um núcleo de comunicação integrada, com os projetos de extensão da faculdade atuando de forma conjunta, tanto do ponto de vista da convergência tecnológica, quanto humana, aproximando os alunos dos cursos de publicidade e jornalismo e refletindo num redirecionamento do projeto pedagógico da faculdade de comunicação.

Outra ação estratégica e emblemática desse ano que marcou os 40 anos da instituição, foi o posicionamento da faculdade e dos alunos, em face do cenário político de crise, em outubro de 2016, com o movimento nacional de ocupações. “Ao final do movimento das ocupações, eu acho que esses 40 anos ganham a experiência mais densa que a gente pode ter, a vivência de construir dentro do movimento, a partir do movimento, dos alunos, uma agência de comunicação, chamada Agência de Comunicação Ocupada, uma experiência pedagógica riquíssima, de 40 dias, que agora a gente pretende trazer para a sala de aula e para o projeto pedagógico da faculdade”, conclui a diretora.

Pioneirismo e compromisso com a comunicação pública

O curso de Comunicação Social da UFPA foi o primeiro da área no Pará. Após 40 anos do início do curso, a UFPA ainda é a única universidade pública da Amazônia a oferecer um curso de comunicação com habilitação em Publicidade e Propaganda e a única universidade pública do estado a ter um curso de Jornalismo.

“Estamos formando pessoas em uma região que historicamente sofre o mal da invisibilidade, de uma invisibilidade politicamente estratégica, porque vivemos em uma zona periférica, do ponto de vista geopolítico. Essa ideia de ser revelado pelo olhar do outro, tem deixado marcas problemáticas no desenvolvimento da Amazônia, portanto, assumir essa responsabilidade com a comunicação pública, com a formação de qualidade e com a perspectiva de pensar novos cenários de produção de conteúdo e geração de trabalho e renda na Amazônia é o nosso compromisso”, ressalta a professora Rosane.

Perfil dos Palestrantes

Dra. Kelly Cristina Prudêncio (PPGCOM/UFPR)
Pós-Doutora em Sociologia Política. Professora e pesquisadora no Departamento de Comunicação e no PPG em Comunicação da UFPR. Membro da diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política (Compolítica). Atua, entre outros, com os seguintes temas: mídia e movimentos sociais, comunicação e mobilização política e ativismo digital.

Dr. Ricardo Fabrino Mendonça (UFMG) – Por videoconferência
Doutor em Comunicação Social. Coordenador do PPG em Ciência Política da UFMG e do Margem – Grupo de Pesquisa em Democracia e Justiça. Atua, entre outras, com as temáticas: comunicação e política, teoria deliberacionista, teoria do reconhecimento, movimentos sociais e internet.

Dr. Bruno Rubiatti (PPGCP/UFPA)
Pós-Doutor em Ciência Política. Professor adjunto da UFPA, em Ciências Sociais. Coordenador do projeto de pesquisa “O Senado Brasileiro como câmara revisora”. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em instituições governamentais específicas e processos legislativos. Atua com os temas: Estado e Instituições Políticas.

Dr. Jamil Marques (PPGCP/UFPR) – Por videoconferência
Pós-Doutor em Comunicação Social. Líder do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Política e Tecnologia (PONTE). Atua na área de Comunicação, Política e Tecnologia, examinando os seguintes temas: Democracia Digital, Jornalismo Político, Teoria Democrática, Deliberação Pública, Participação Política e demais aspectos relacionados à Opinião Pública.

VOLTAR
MAIS NOTÍCIAS